Páginas

domingo, 17 de março de 2013

Capitulo 3 + Desculpas :c


É horrível ser traída pela pessoa que você ama.
Eu achava que minha vida não tinha mais como piorar, mas acabou piorando isso parece até um filme de terror porque é sempre assim: A pessoa fala que nada pode ficar pior e algo ruim acontece.
Ian e eu éramos amigos de infância com o passar do tempo que fomos ficando mais velhos e apegados um com o outro, descobrimos que estávamos apaixonados e resolvemos namorar.
O tempo foi passando e a cada dia que passava eu ficava mais apaixonada ainda por ele, e eu pensava que ele sentia isso por mim, mas sinto que eu fui enganada durante todo esse tempo.
Acordei decidida a conversar com o Ian no mesmo dia, queria resolver logo a nossa situação. Sem enrolações, sem mentiras, sem brigas. Pelo menos eu esperava que não tivesse brigas.
Levantei-me pegando minha roupa que estava numa mesinha ali, ainda bem que na noite anterior antes de eu sair eu tinha deixado ela ali.
Vesti minha roupa e nem fui me ver como eu estava no banheiro. Fiz um coque de mal jeito no cabelo, como sempre, e então finalmente saí do quarto. Fui em direção a cozinha até que percebi que a Selena estava preparando o café da manhã lá.
- Bom dia – Falei fraco e minha voz saiu meio rouca.
- Bom dia flor do dia! Já ia te chamar! – Ela falou sorridente. Eu percebia que a Sel estava tentando me distrair para eu não pensar naquele assunto, pelo menos não por algum tempo e isso me fez sorrir, Selena querendo sempre me fazer bem nas horas mais tristes.
Essa era uma das qualidades da Sel, ela sabia separar a hora em que tínhamos esquecer os problemas e a hora que tínhamos que encara-los.
Sentei numa cadeira enquanto ela pegava umas torradas e trazia para a mesa.
Começamos a tomar café da manhã até que eu comecei.
- Daqui a pouco eu vou pra casa... –
- Já Demi? –
- É, sabe, eu quero conversar com o Ian hoje ainda. –
- Hoje? Tem certeza? – Ela perguntou arregalando os olhos logo que eu falei.
- Tenho sim, Sel! Quero resolver logo tudo. Sem mentiras, sem ilusões, sem brigas, quero resolver tudo calmamente. -
- Você que sabe então... – Ela falou, deu de ombros, e deu uma mordida numa torrada.
Terminamos de tomar café e depois assistimos um pouco de TV. Quando eram 10:30 eu falei.
- Já vou indo, Sel! –
- Você que sabe... por mim você ficaria aqui! – Ela riu fraco.
- Eu também. Mas tenho que ir para casa! –
-  Ta bom. – Nos abraçamos e nos despedimos eu peguei minha bolsa com algumas coisas minhas e depois a chave do meu carro que a Selena tinha deixado no porta chaves que tinha do lado da porta da casa dela.
Saí dirigindo pelas ruas de Dallas até que cheguei em casa, meus pais estavam na sala assistindo algum programa na tv. Cumprimentei eles e menti dizendo que minha noite foi boa. Avisei pra eles que logo eu iria sair novamente e eles assentiram. Essa é uma das vantagens de ser maior de idade.
Fui para o meu quarto e liguei para o Ian.

Inicio da ligação ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

- Alô, Demi? É você? – Ele perguntou e meu coração se apertou. O tom de voz dele estava diferente, estava de um jeito que se ele falasse alguma virgula no lugar errado eu poderia me magoar mais ainda do que eu estava magoada, eu choraria mais do que eu já teria chorado e faria um escândalo maior do que eu tinha feito.
- Sim, sou eu. – Falei calmamente. – Precisamos conversar. – Falei antes que ele dissesse algo.
- Eu sei. Hoje? – Ele perguntou, mas não foi exatamente uma pergunta foi como se ele quisesse que eu confirmasse.
- Daqui a meia hora te encontro na... Starbucks, ok? – Falei esperando que ele confirmasse –
- Ok, Demi. –
- Tchau. – Desliguei a chamada 

Fim da ligação ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Joguei meu celular em cima da cama, depois eu entrei no banheiro e fui direto pro banho depois eu peguei um vestido florido fofinho que eu tinha e coloquei, peguei um casaquinho azul e coloquei por cima, não é que eu estivesse com frio mas a junção daquele vestido com o casaquinho ficava tão linda já que o casaquinho era pequeno como se fosse um bolero. ( quem quiser saber como é mais ou menos >> Aqui <<)
Peguei uma sandália simples minha e peguei uma outra bolsinha de lado que eu tinha, branca. Penteei o cabelo  e deixei ele solto mesmo.
Peguei dinheiro e celular e botei dentro da bolsinha depois peguei minha chave do carro e fui pra sala, avisei pros meus pais que eu estava saindo e que ia na Starbucks e fui embora.
Dirigi pelas ruas e então cheguei, domingo era um dia ótimo para sair porque nas ruas não tinha quase ninguém e para sorte de todos tinha “lanchonetes” que abriam nos dias de domingo tipo a Starbucks.
Estacionei o carro e vi que o de Ian estava ali. Suspirei fundo antes de descer do carro e após eu fazer isso eu o tranquei.
Entrei na Starbucks e localizei Ian então comecei a andar na direção dele, puxei uma cadeira que estava de frente pra ele e sentei, quando ele percebeu minha presença sorriu fraco.
- Oi, Demi... – Ele falou.
- Ér... Oi! – Disse e depois continuei. – Hoje eu quero que tudo seja esclarecido e resolvido, ok? Sem brigas e confusões, sem mentiras, arrependimentos e enrolações e principalmente sem ilusões. Eu quero que tudo seja verdadeiramente resolvido!
- Claro! É o que eu mais quero também. – Ele falou e suspirou fundo, depois fez sinal para uma garçonete e ela veio até nós. Ele pediu um café que era gelado e misturado com baunilha (n/a: gente eu não sei o nome desse café então...)
Não demorou muito e a garçonete trouxe o café suspirei fraco e então comecei a falar depois que ela já tinha ido.
- Ian... porque você fez isso comigo? Sabe... eu passei esse tempo todo te amando e pensei que você me amasse. Eu sei que você disse que foi a um mês e eu fiquei até meio aliviada por causa disso pensando que a anos você me enganava mas isso doi muito, você não imagina a dor que é a pessoa que você ama te trair.-Eu disse olhando diretamente para ele.
-Olha Demi eu sei disso, eu ia te contar, mas eu não sabia como porque você ia se machucar e se magoar. –
- E olha só no que deu, se você tivesse falado antes eu não estaria tão machucada e magoada como eu estou agora. – Eu falei dando uma pausa na fala dele, mas depois deixei-o continuar.
- Eu já conhecia a Nina, você sabe e você também conhecia ela naquela comemoração de casados dos meus pais la em casa, ela era filha de um amigo deles então ela foi. No último mês acabamos nos aproximamos mais e eu percebi que estava apaixonado e que amava ela. –
- Ian, quando você pretendia me contar isso? – Falei normalmente porque se a gente elevasse nosso tom de voz todos que estavam ali iam perceber que estávamos tendo uma DR e eu não queria que nosso, meu nome caísse na boca do povo.
- Logo. Eu só não sabia como. – Ele suspirou e falou. – Demi, eu te amo muito, mas eu descobri que eu amo a mais a Nina, eu descobri que o que eu sinto por você não é tão forte como era antes, que o nosso amor é um amor de infância, antigo, e que não devemos levar ele adiante porque não vai dar em nada.  Me perdoa. A gente não consegue mandar no nosso coração e muitas vezes ele aponta pegadinhas com a gente. Me desculpa, Demi. Por favor. –
- Ian, eu não sei... – fiz um sorriso triste.
- Eu sei que você está ferida, mas vamos ser amigos pelo menos, por favor! – Ele falou e envolveu as minhas mãos que estavam em cima da mesa com as dele.
- Eu não sei... sabe, confiança é uma coisa que se conquista eu não posso entregar a minha assim, você vai ter que conquista-la de novo.
- Vou fazer o possível, Demi, o possível mesmo, mas tudo o que eu quero que você me desculpe. –
- Uhum, como eu disse antes recupere minha confiança e quem sabe um dia poderemos ser amigos novamente. -
- Ok – Ele suspirou triste.
- Bom... já nos resolvemos agora eu tenho que ir. – Falei me levantando e depois falei. – Felicidades com a Nina. –
- Obrigado... – Ele agradeceu sem graça. –
Saí da Starbucks e resolvi dar uma voltinha pela cidade no meu carro. Até que eu passei por uma pracinha e resolvi parar nela.
Estacionei o carro e desci, fui até um banco e sentei tentando relaxar enquanto uma leve brisa passava e fazia com que meu cabelo balançasse e me trazia uma sensação de leveza.
Resolvi comprar um sorvete de um tiozinho que estava passando por ali enquanto via algumas poucas pessoas na praça, entre elas algumas crianças que brincavam animadamente.
Depois de terminar o sorvete eu resolvi voltar pra casa.
- Terminei com o Ian, ja está tudo bom agora. -
Falei pros meus pais enquanto ia até o meu quarto.


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Iai gente tudo bom?
Demorei um seculo dessa vez não foi? dosiajdiosa me desculpem!
Sério a escola vai me matar gnt! Essa semana teve 5 provas inclusive uma que foi ontem. Eu não tenho mais quase tempo livre nenhum e agora eu vou entrar num curso de matemática e física vai ficar pior ainda. Mais isso é necessário pq se ñ eu posso perder D:
Olha gente, não da p eu responder os comentarios porque eu ando sem tempo mas saibam que eu leio todos e fico muito feliz :33 . OMG, bem vindos novos leitores/seguidores!!! 33 seguidores :OO Não acredito *OOOO* Estou muito feliz!!!
Aliás, a um tempo atrás a Erika Caroline me deixou comentarios pedindo pra eu ajudar no blog dela. Erika, claro que eu te ajudo! Tem algum contato pra eu falar com você melhor? Twitter algo assim...
Então gente, espero que tenham gostado desse capitulo! Não sei quando vai sair o outro, ok? :c . Ah, e no proximo vai passar logo tempos depois e pular pro casamento!
Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeijos <3

12 comentários:

  1. Oi lindaaaaaaaa,
    Saudades de você....
    Tá muito perfeito sz
    Posta logooo,
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lessa *----------* .
      Awww, obrigada :3 Beijos!

      Excluir
  2. ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii ... nossa , tadinha da demi =//

    possta logoo

    ResponderExcluir
  3. Ameiiii <3 ta perfeito. Queria pedir sua ajuda tbm com a minha fic, ela foi excluída e estou tentando recuperar tudo. Se quiser me ajudar, essa é minha fic : http://animespirit.com.br/fanfics/historia/fanfiction-idolos-jonas-brothers-catch-me-559205

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que te ajudo! Depois vou criar um posts de divulgações e coloco o seu la, ok? :D
      Beeeeijos

      Excluir
  4. tadinha da Demi to com muita pena dela <3.
    Nova seguidora aki!!!! ashuashua......
    garota eu simplesmente amo suas fics, tanto é q eu comecei a ler faz 2 dias e já to no final, agora vou ter q esperar vc postar. <~o vida cruel~> eu dramática nem um pouco kkkkkkkkkk
    posta logo pleaseee
    PS: vc acaba de ganhar uma nova fã bjssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwwwwwwwww, obrigada Pâm *OOOOOO* Bem vinda.
      Postei ja u.u.
      Awwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww *OOOO* Beijos

      Excluir
  5. Morrendo de dó da Demi
    Tadinha meu deuso =(
    To amando a fic
    Posta logoo
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwwwwwwww, obrigada, Lyci *OOOOOOOOOO*
      Postei ja!
      Beijoooooooooooos

      Excluir
  6. AAAAAAAAAAAAAAAH AMEI POSTA LOGO MENINA ..
    DIIVULGA E SEGUE?
    http://minifanficsjemi.blogspot.com.br/
    http://tudoqueeumaisqueroevoce.blogspot.com.br/
    http://thevampirediariesjemi.blogspot.com.br/
    http://amorquematajemi.blogspot.com.br/
    http://jemiforever-gaabsmusso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwwwwwwwwwwwww, obrigada *OOOOOOOOOOO*
      Claro! Depois eu crio um post de divulgação e divulgo ok? beijooooooooooos

      Excluir